A Filha da Minha Mãe e Eu

Autora: Maria Fernanda Guerreiro
Editora: Novo Conceito
Páginas: 256
Skoob | Book Trailer

Intenso. Essa é a palavra que melhor define o livro A Filha da Minha Mãe e Eu, escrito pela brasileira Maria Fernanda Guerreiro. Este é definitivamente um daqueles livros que te fazem suspirar ao terminar de ler a última frase, porque só então é que você percebe que estava prendendo o fôlego o livro inteiro.

Mariana sempre teve a nítida sensação de que sua mãe, Helena, amava muito mais o seu irmão do que ela. Não, não era ciúmes bobo entre dois irmãos. Nana, como é chamada pelos íntimos, sempre imaginou que ela era a última entre as preocupações da mãe, e que, se sua mãe aparentava estar magoada ou estressada, o motivo era sempre ela. Fosse pela atenção exagerada que Helena dava ao Gustavo, fosse porque Helena e Mariana viviam em pé de guerra, o motivo não importa, a consequência era sempre Nana se sentindo excluída.

Este não é o último problema entre as duas, longe disso. Por ter sido abandonada na infância pela própria mãe, Helena também não era boa em dar carinho, ou demonstrar afeição, ou qualquer coisa que melhorasse sua relação com Nana. Muito pelo contrário, tudo o que Helena conseguia fazer era sentir ciúmes de Nana com o pai da garota, mas não sabemos ao certo se era por medo de que a própria filha a abandona-se pelo pai, ou por medo de perder seu espaço como esposa.

Ciúmes por parte de Nana, ciúmes por parte de Helena, a omissão do carinho da mãe, e a excessiva preocupação da filha. Esses foram os motivos que fizeram da relação entre as duas algo banal. Sem se sentir amada por Helena, Nana se apegou ao pai, enquanto que sua mãe se aproximou do outro filho. E a medida que o tempo ia passando, cada vez mais o abismo entre elas ia aumentando.

Entretanto, Helena também foi uma das melhores mães do mundo. Guerreira, protetora, exigente, dura e apaixonada. Helena é o tipo de mãe capaz de enfrentar as maiores catástrofes para salvar os filhos, mesmo que não saiba demonstrar claramente o tamanho de seu amor. E já está na hora de Mariana perceber que: todos cometemos erros.

A Filha da Minha Mãe e Eu é incrível. Achei o livro lindo e apaixonante. Não tem como não entrar de cabeça uma vez que Mariana começa a narrar as memórias de sua vida e de sua relação com Helena. A relação de mãe e filha no livro é tratada com tanta seriedade e realidade que às vezes eu me pegava pensando: “Caramba, minha mãe fala isso!”. Sabe aquelas frases típicas que todo filho um dia já escutou?  "Eu sou mãe, mãe pode tudo", ou "Não me responda ou vou fazer você engolir os seus dentes", então, essas mesmas! A Maria Fernanda escreve muito bem, e soube envolver o leitor em cada frase de sua narrativa, e o enredo pode não conter grandes cenas de ação ou aventura, mas é de tirar o fôlego!
(...) Minha mãe costumva dizer que ela podia esfolar vivo filhos, mas que ninguém mais podia tocar um dedo. Era o direito da maternidade. O direito de errar porque estava tentando acertar. Algo Sagrado (Página 60)
- Então por que você não chora, mãe?!
Nunca mais esqueci sua resposta.
- Porque eu quebro, mas não envergo, Mariana. – ela falou e levantou-se da mesa. (Página 98)
Beijos e comentem!

34 comentários:

  1. esse livro é muito bonito , uma historia de amor maternal lindo , vale a pena ler!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que nunca li nada com esse tema, todas as resenhas que eu vejo são positivas, então... Gostaria muito de ler.

      Excluir
  2. Aaai... este é um dos livros que preciso ler este ano. Minha amiga ganhou em uma promo, e logo quando chegar ''roubo emprestado'' dela.. kkk' É uma especie de pegar escondido, mas depois devolver. kkkk' - Já sofri pensando que tinha perdido livros e tava bem na casa dela!!!
    Adorei sua resenha! A capa deste livro é linda.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ah, li resenhas maravilhosas (como essa) sobre esse livro.
    E já tá há um tempinho na lista de desejados.
    E pretendo comprá-lo esse ano.
    Essas histórias familiares realmente me encantam (fico bem emotiva, haha) e não descarto meeesmo ><'
    Tenho certeza que é uma leitura que minha mãe vai querer ler tb *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sou emotiva, principalmente com essa coisa toda de família. Parece ser muito lindo e eu só espero o money pra comprar ;-)

      Excluir
  4. Confesso que eu não tinha muito interesse nesse livro, mas depois da sua resenha eu vou ler, parece ser muito bom.

    Beijokas :*
    Blog da Mylloka

    ResponderExcluir
  5. Não estou tãooo interessada, mas me parece bom, mostrar essa relação mãe e filha..confesso que ñ é meu tipo de livro favorito..

    ResponderExcluir
  6. Já peguei esse livro varias vezes para comprar, mais sempre acabo desistindo, mais com essa sua resenha me deu uma vontade louca de lê-lo!!

    Alessandra Vilhagra

    :)

    ResponderExcluir
  7. véy eu queroo ver ess livro adoooreii faz super o meu tipo o/
    acervo-de-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Que legal \õ.
    Eu não tenho muito interesse em ler esse livro mas a temática é bem interessante. Parabéns pela resenha!

    Abraços.
    Entre Livros e Livros.
    musicaselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Eu já fiquei na dúvida várias vzs com esse livro, leio ou não leio. Estou começando a querer ler. Acho uma temática interessante e real, mas mesmo assim ainda fico relutante em ler.
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  10. Oiii,
    Eu tenho este livro em casa e estou louca para ler ele, acho que vou gostar. Adorei a tua resenha e gosto muito de histórias intensas.
    Beijos,
    Katielle
    www.leituramaravilhosa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Fiquei arrepiada. Não sou grande fã do drama, como esse livro parece ser, mas ele me atrai de uma forma absurda, eu quero muito, muito mesmo ler ele. Adorei a resenha, espero poder ler ele logo!
    Beijos, Giu

    ResponderExcluir
  12. Essa capa é demais, passa todo sentimentalismo que a história quer contar, adoro!

    ResponderExcluir
  13. Esta capa é incrível, passa todo sentimentalismo que o livro quer contar, e só o torna mais especial!

    ResponderExcluir
  14. Ainda não li este livro e infelizmente não sei se faz meu estilo.
    Mas a capa é bem bonita :)

    Beijos,
    Thais P.
    http://thaypriscilla.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Esse livro é tao lindo, e muito sentimental. Principalmente a capa que e perfeita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sim! A capa é perfeita!!

      Excluir
  16. 100% das opiniões sobre esse livro são positivas! O que dizer quando a maioria é esmagadora?? Só que eu fiquei com vontade de ler. Sou muito sentimentalista, devo dizer que a primeira viso livro não me chamou a atenção, acho até que pelo fato de tratar de um tema diferente... Mas como todo mundo muda de idéia, foi o que aconteceu comigo. Agora me pego em uma vontade de lê-lo, só que os livros que eu quero ler são MUITOS, então...

    ResponderExcluir
  17. Fiquei super mega hiper curiosa para ler esse livro. Felizmente ultimamente o mercado editorial nacional está crescendo e com os livros mais do meu gosto. Comecei à comprar livros nacionais depois do lançamento do Todas as estrelas do céu.

    ResponderExcluir
  18. Achei o livro bem legal, mas ainda não li. Acho bacana a ideia desse livro e gostei muito. Quero ver se leio em breve.

    ResponderExcluir
  19. Oiii
    Tem selinho/meme para você lá no blog.

    http://osamantesdaleitura.blogspot.com.br/2013/01/meme-eu-amo-esse-blog.html
    http://osamantesdaleitura.blogspot.com.br/2013/01/selinho-esse-blog-e-puro-romance.html

    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Amei a resenha, com certeza vou comprar!

    ResponderExcluir
  21. Já li esse livro, ele é maravilhoso! Super indico!


    amanda.valverde2@hotmail.com

    ResponderExcluir
  22. Gostei muito desse livro e é aquela sensação mesmo Camila de, “Caramba, minha mãe fala isso!”
    Essa foi uma leitura que não esperava muito e acabei me surpreendendo, emoções a flor da pele.

    Beijos,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  23. Gostei desse! Um historia que parece ser muito cativante..
    Mais um pra minha lista dos que vou ler *--*

    ResponderExcluir
  24. Sou sensível a livros assim...choraria rios, sem dúvidas rs. Não sabia que era um livro nacional =O Nossos autores me surpreendem a cada dia =D

    www.resenhasealgomais.com.br

    ResponderExcluir
  25. Acredita que eu tenho esse livro mas ainda não o li, que vergonha, mas irei mudar isso, o lerei em fevereiro.
    Quando eu li a sinopse desse livro a primeira vez eu quis muito lê-lo, mas dai quando eu o ganhei eu nem o li :S, adorei sua resenha sobre ele, me fez lembrar a sensação que tive quando li a sinopse. Com certeza irei lê-lo, parabéns pela belíssima resenha.

    ResponderExcluir
  26. Sempre tive vontade de ler essa historia, acho que quando lela, irei ficar chorando, enfim gosto bastante dele meno a capa que nao gostei nenhum pouco.

    ResponderExcluir
  27. Nossa... Quem ficou sem folego aqui foi eu... Eu preciso desse livro; eu já até add no meu skoob para comprar futuramente.
    O que mais me atraio neste livro pela sua resenha? Bem, foi o próprio relacionamento entre mães e filhos e como nós sempre nos apegamos a dos nossos pais e que isso por vezes é por causa de problemas banais do dia a dia.

    Beijos
    Até o próximo comentário!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza de que irá amar.
      Eu me apaixonei pela escrita desta autora :D
      Beijos

      Excluir
  28. Nunca tinha ouvido falar, mas as primeiras palavras se sua resenha, me despertaram uma curiosidade imensa, com certeza se eu tiver oportunidade vou lê-lo.

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar sua opinião! Beijos!

 
No Limite da Leitura © Copyright 2013 | Design por Camila Darc | Todos os direitos reservados.