Como Dizer Adeus em Robô

Skoob

    Autora: Natalie Standiford
    Editora: Galera Recod


Bea é a Garota Robô, sob o ponto de vista de mãe. Ela, que nunca pôde ou quis se apegar a alguém por muito tempo, já que sabia que graças ao emprego de seu pai ela provavelmente teria que fazer uma mudança em breve, acaba se tornando oca e de metal. Bom, não literalmente, mas para a mãe de Bea ela se tornou um robô, incapaz de demonstrar sentimentos ou compadecer com o sofrimento alheio. E depois de um tempo ouvindo isso da mãe, que, apesar do que parece, a ama de verdade, a garota começa a achar que realmente não tem coração.

Jonah já é o oposto. Ele tem um coração, mas um coração cheio de sofrimento, rancor, raiva e saudade. O Garoto Fantasma, pálido e quase invisível, que não possui amigos no colégio ou fora dele, sofreu uma grande perda e, agora, mesmo tanto tempo depois, ele ainda não conseguiu superar. Jonah transmite arrogância e indiferença o tempo todo, mas, no fundo, tudo o que ele quer realmente é não sentir.

Quando o caminho dos dois se une por um programa de rádio noturno fora do normal, Jonah e Bea vão aprender juntos o valor de uma grande e intensa amizade e do amor de alma. A Garota Robô vai encontrar no Garoto Fantasma o refúgio que tanto queria, um lugar acolhedor onde ela pode ser esquisita o quanto quiser, e ele vai ver Bea como a amiga que ele sempre evitou ter, mas sempre precisou, a única pessoa que ele vai querer que nunca o esqueça. Mas para estarem juntos Jonah precisa aprender a falar Robô e Bea precisa aprender Fantasma, as línguas que só se fala com o coração. No meio do aprendizado um vai magoando o outro, no entanto, sempre estão lá, mesmo que só através das ondas do rádio.

Essa foi uma das resenhas mais difíceis que já tive que fazer. Primeiro, porque Como Dizer Adeus em Robô pode parecer fútil e leve, mas na verdade possui uma intensidade e inocência bem vívidas e marcantes. Segundo, porque é impossível descrever Bea e Johna só em palavras, é preciso ler e sentir os sentimentos deles pra entender o que se passa na cabeça e alma de cada um. E, por último, porque apesar de ter 18 anos e me considerar uma adulta, ao terminar a leitura, tive a impressão de não ter compreendido metade da profundidade que a estória trás, e duvido que alguém consiga fazer isso por completo.

O único motivo pelo qual eu não pude dar 5 estrelas para o livro tem a ver com a falta de noção de realidade dos personagens em certos momentos. A inocência que tanto me conquistou no relacionamento dos dois, por vezes me fez ficar bastante irritada e frustrada. Em algumas partes Natalie criou situações que seriam não somente infrutíferas para adolescentes de 17 anos, como também mais próximo da ficção do que do real. E “real” foi algo trabalhado no livro inteiro, algo que faz o leitor acreditar na veracidade dos personagens, então esses momentos de ficção acabaram quebrando o encanto temporariamente.

Mas para compensar esse pequeno deslize, a autora criou o programa de rádio mais incrível do universo. Night Light é um programa de rádio que se inicia à meia noite e que tem por objetivo conversar. Os ouvintes ligando para o radialista, e lançam seus assuntos, dizendo como estão, o que têm feito, falando sobre alguma notícia, enfim, qualquer assunto. O programa não se prende à músicas, informações ou temas, é, na verdade, espontâneo, cada noite sendo única com relação às outras. E até mesmo aos ouvintes da rádio que fazem as ligações Natalie deu personalidade e forma.

Outro detalhe espetacular do livro foi a diagramação. A Galera Record desenvolveu uma diagramação tão única, que desde o momento em que abri o livro pela primeira vez eu fiquei encantada! O que é mais um ponto positivo para Como Dizer Adeus em Robô, mostrando mais uma vez que você tem que ler!
Por que eu não me importava? Talvez minha mãe estivesse certa, afinal de contas. Ela dera à luz um mutante. Meu coração era frio e duro. (...) (Página 55)
Beijos e comente!

16 comentários:

  1. Um dos mais desejados por mim, amo essa capa e o título. Como sempre, a resenha está ótima, quero muuuuuuuuuito o livro, espero ter hahaha
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Cath! Espero que compre em breve e tenha uma boa leitura como eu :D

      Excluir
  2. Gentem, garota robô, garoto fantasma, programa de rádio noturno...já gostei, quero ler, parece ser muito bom.

    Beijos, Van - Blog do Balaio
    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vanessa, que bom que se interessou!
      Realmente é muito legal!
      Beijos

      Excluir
  3. Eu não conhecia o livro, que mundo eu vivo? haha
    Agora que li sua resenha, eu fiquei super curiosa =s
    Beijos
    http://souseuastral.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Adorei, depois de ler a resenha pude entender e até gostar do livro, pq o titulo deixa a desejar, as vezes até mesmo perder o interesse o/
    mas parece super bacana, adorei o/
    acervo-de-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Baby, eu tb nao estava muito interessada depois de ler o título, mas quando li uma resenha sobre ele TIVE que ler haha

      Excluir
  5. Eitxa a sua resenha me convenceu a ler esse livro, assim que bati o olho no nome não gostei, mas depois que li a resenha fiquei super interessada principalmente em conhecer esse programa de rádio noturno. Haha. Bjokass

    ResponderExcluir
  6. Oi Camila!
    Nossa estou bem curiosa por este livro, sempre vejo resenha deste livro e minha curiosidade só aumenta. E a capa dele é linda demais ♥

    ResponderExcluir
  7. Eu não fazia a mínima ideia de sobre o que era o livro, mas só a capa dele dá muita vontade de ler <3 Mesmo com esse pequeno deslize que você falou, parece ser um livro bem legal.
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  8. Gostei bastante da resenha
    Vi bastante gente elogiado a diagramação, dá até vontade de comprar HAHA mas infelizmente.. depois da Bienal...

    Eu gostei do enredo do livro, parece interessante e o fato de você ter mencionado que só aparenta o 'fútil', me animou tb.

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  9. Com certeza será uma boa leitura, quero muito o livro!
    Só pela resenha eu fiquei imaginando como será essa rádio *O*
    Logo de cara me veio a ideia de ser parecida com a do filme Sinais!
    Pensa se existisse uma assim de verdade?

    ResponderExcluir
  10. Eu tinha lido a sinopse desse livro e achei bem legal e diferente, uma garota sem coração e um garoto com um coração cheio de rancor e sofrimento, imagino que a relação desses dois seja bem complexa e ainda mais se tratando de dois adolescentes, também gostei bastante da proposta do programa de radio no livro, é bem diferente né! Eu super amei a resenha e mesmo parecendo um livro juvenil, me interessei bastante e quero muito ler! Parabéns! :)

    ResponderExcluir
  11. Tava pensando aqui Camila, acho que como voc~e também não iria dar 5 estrelas para o livro por causa da falta de noção, tem coisas que não me agradam que ai >.<

    beijinhos.
    www.intheskyblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Bom, confesso que não conhecia o livro. Me interessei por lê-lo.

    ResponderExcluir
  13. Gentenn...preciso desse livro!!
    Além de tudo a capa é linda!
    Aumentando a lista de desejadooos.
    =)

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar sua opinião! Beijos!

 
No Limite da Leitura © Copyright 2013 | Design por Camila Darc | Todos os direitos reservados.